!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

30 de março de 2009

Séries | American Idol 08 - Top 10 [Motown Week]

O tema dessa semana foi um tributo aos 50 anos da Motown Records que é uma gravadora norte-americana fundada em de 1959 por Berry Gordy Jr. na cidade de Detroit, estado americano de Michigan conhecida como "Motor Town", devido às montadoras de automóveis ali instaladas. Nos anos 60 foi a mais bem sucedida na criação de um estilo de "soul" bem característico, com o uso de instrumentos como pandeiros, baterias e instrumentos do "rhythm and blues" além de um estilo de 'canto-e-resposta' originário da música gospel. O "som da Motown" também é marcado pelo uso de orquestração e instrumentos de sopro, por harmonias bem arranjadas e outros refinamentos de produção da música pop, e é considerado precursor da Era Disco dos anos 70. A maioria dos sucessos da Motown nos anos 60 - destaque para as primeiras gravações de Diana Ross e The Supremes - foi escrita pelo trio de compositores Holland-Dozier-Holland. Tanto cuidado com a produção deu resultados: de 1961 a 1971 a Motown conseguiu emplacar nada menos que 110 músicas no "Top 10" norte-americano.

Clique no nome dos competidores para ouvir a apresentação.


01. Matt Giraud - Let's Get it On
Marcel: não sou muito fã de falsetos, por que pra ficar bonito tem que ser muito bem feito, se não tem certeza que consegue, é melhor nem arriscar! Dito isso eu afirmo que Matt sabe o que faz. Eu gostei muito da apresentação dele essa semana, foi novamente uma das minhas preferidas. A música, eu não conhecia, mas acho que foi perfeita pra ele. Não gosto da idéia de começar no piano e depois levantar e sair cantando, mas isso foi só um detalhe.
Breno: (Desculpem pela demora, mas eu simplesmente não tinha visto tudo ainda!) Como você não conhecia essa musica? O.o. Essa é A música que tem em todos os filmes que alguém tenta seduzir alguém. Anyway. Eu gosto da música, gosto do Matt mas concordo plenamente com você, contrariando os jurados: ele tinha que ter ficado sentado naquele piano all the time. E se fosse só o piano e ele cantando ia ser MIL vezes melhor. Ia dar td um ar meio "Imagine" ou "Summertime". Mas eu sou um acoustic fan, então pode ser que eu seja meio parcial. So, vocalmente, pra variar, foi excelente, os falsetos foram muito bons mesmo como você disse. Um dos melhores da noite, mas não o melhor, com certeza.


02. Kris Allen - How Sweet it Is
Marcel: A cada semana que passa o Kris me lembra mais e mais o Jason Mraz. O timbre de voz, o jeito como ele se porta no palco, colaboram e muito para esse meu ponto de vista. E é clara a evolução dele na competição em apenas poucas semanas. Gostei muito dessa apresentação dele e espero que ele consiga ficar por muito mais tempo na competição, que esse ano está cheia de gente interessante!
Breno: Essa comparação com o Mraz me preocupa. Ainda mais que a próxima semana o tema é Top 100 Itunes, e, se ele escolher I'm Yours ou qualquer coisa do John Mayer pra cantar vai ser um desastre pq vai ter copycat escrito pela testa dele toda. E eu digo isso porque eu gosto dele, e tenho gostado bastante de duas semanas pra cá. Adorei a vibe cool que ele deu pra música, totalmente mrazy, mas ele precisa se distanciar um pouco disso. Sei lá, vamos ver semana que vem como isso vai ser. Mas, por essa semana, foi ótimo. Trouxe um midtempo pra contrabalancear a balada semana passada, cantou afinadinho, bem bem legal.


03. Scott MacIntyre - You Can't Hurry Love
Marcel: Gosto da música que ele cantou, mas com ele cantando no way! Era só chegar uma nota um pouco mais altas que dava pra perceber o esforço dele pra alcançá-la. E não é só a voz dele que não me agrada, mas aquele cara dele de que não sabe muito bem o que está fazendo ali me irrita.
Breno: Essa eu vi no Sony. Aliás, não vi. O que continua sendo a mesma piada de humor negro da semana passada, mas não dá: Scott tem o grande poder de me fazer prestar atenção nas manchas da minha parede enquanto ele canta. Tá seriamente me irritando, ele é a ceguinha do idolos parte 2 a missão. E o pior, eu acho que ela cantava melhor que ele. Medo.


04. Megan Joy - For Once In My Life
Marcel: Bom, que eu adoro a Megan e todas as dancinhas toscas dela, tudo mundo já sabe né? Ok então, vamos falar sério sobre ela um pouco, eu realmente não me incomodo com as desafinadas dela, mas se ela não começar a fazer umas escolhas melhores eu acho que ela vai vazar logo. A voz dela não se encaixa bem em qualquer música e a essa altura ela já devia saber bem disso. Adoro a voz dela e espero que ela consiga se manter por mais tempo na competição.
Breno: Bom, vamos aos fatos: adoro a Megan e tal, mas não existe uma pessoa que faça uma versão dessa música comparável a de Melinda Doolittle em sua audição. Nem o Stevie Wonder. No way. E olha que o Stevie trouxe a casa abaixo nos results dessa semana com um medley espetacular. As músicas que a Mel cantou deveriam ser proibidas de cantar de novo no AI. Momento fanzoide aparte: foi uma bosta. Ela desafinou muito, MUITO. E realmente, a música não tem nada a ver com a voz dela. Ela precisa voltar a escolher coisas como Put Your Records On ou Black Horse. Alguém salve essa menina.


05. Anoop Desai - Ooo Baby, Baby
Marcel: Não gostei da apresentação dele hoje. Bottom 3 pra vc, Anoop! Como eu disse quando falei do Matt, eu não sou um fã de falseto e a apresentação dele hoje foi um falseto de 1 min e meio! E ainda achei mal feito. Apesar de ter gostado dele semana passada, eu prefiro quando ele faz o estilo Wild Card. Há duas semanas que ele anda meio sonolent… zzZzzZ.. Boring!
Breno: Anoop me faz dormir também. E ouvir ele às 2h da manhã não ajudou. Meu deus, que coisa mais chata. Cantou direitinho e tal, mas muito muito muito entediante. Com esse cara é oito ou oitenta, ou ele tá saltando em todos os cantos do palco como em Beat It ou ele faz você dormir. Não sei que hype é essa, não vou entrar nunca nesse barco-indiano e acho que o povo vai cansar dele já já.


06. Michael Sarver - Ain’t Too Proud To Beg

Marcel: O Simon falou que o Kris não tem pose de ‘superstar’, o que falar do Michael então? Mais perdido que o Scott em tiroteio! (Sorry, couldn’t resist). Desde rosto até o jeito como se comporta. Semana passada ele disse que a filha não entende por que ele a abandonou, pois agora ela não vai mais nem precisar entender, por que se Deus permitir e os americanos quiserem a Carrie vai cantar assim pra ele: "I'm on my way, I'm on my way, home sweet home, tonight, tonight"! Mas enfim, parabéns pra ele, conseguiu se pior que o Scott, again!
Breno: Meu deus ele parecia estar com um ataque epilético no meio da música. Sério, ele canta direitinho, mas muito muito muito sem sal, sem star quality como você disse, nada certo. Volta pra cantar canções de ninar pros seus filhos, Sarver.


07. Lil Rounds – Heatwave
Marcel: Pra mim não foi excelente, mas foi enjoyable! O jeito como ela domina o palco faz a coisa fica mais agradável do que o normal. E eu gostei da caracterização, vestido e cabelo. Eu concordo com quem fala que ela não precisa gritar pra se sair bem, ela canta melhor quando canta de forma mais suave, vide “Be Without You” no Top 36, que pra mim ainda é a melhor dela.
Breno: Olha eu li sobre essa apresentação antes de vê-la e no fim das contas não achei nada tão ruim como foi dito por aí. Até gostei bastante. Tudo bem que eu, ao contrário de você, achei que quiseram sabotar ela com essa roupa e esse cabelo: me lembrou a Mel cantando Sway na Latin Night do AI dela, parecendo uma velha. Mas vocalmente, achei bem legal e ela tem realmente presença de palco. Bem legal.


08. Adam Lambert - Tracks of My Tears
Marcel: Finalmente uma apresentação dele que eu gostei de verdade. Cantou quase toda em falseto e não fez feio at all (é assim que se canta em falseto, Anoop). Só o final que eu achei estranho, quando a voz dele falhou ameaçou falhar. Sem duvida o mais original da noite. Os instrumentos com ele no palco, foi legal de ver, a música foi bem escolhida, até da franja emo e das unhas pretas ele se livrou. Continuo não gostando muito dele, mas ele foi o melhor da noite, pra mim!
Breno: VIU? É SÓ PARAR DE GRITAR QUE FUNCIONA! Excelente. Quer dizer, se saisse do falseto por cinco segundos ia ficar melhor, mas a melhor dele DE LONGE. O visual Elvis foi terrivel.


09. Danny Gokey - Get Ready
Marcel: Pra mim ele até agora não teve uma apresentação ‘mind-blowing’! Nem nas finais, nem semi finais e nem nas fases de seleção. A dancinha com as ‘backing vocals’ foi estranha.. (ele não seguiu o conselho do Simon) o desengonçado da temporada já é da Megan e ponto! =) Mas ele canta bem, e isso já está provado, pra mim nunca é memorável, mas fica longe de ser ruim.
Breno: Ele dançando com as backings foi realmente deprimente. E não acatar o pedido do Smokey tb foi feio. Até pq ele disse que ia. Mas continua cantando mt bem. Só que eu to vendo ele desaparecer no meio dos outros (cof cof Allison cof cof Kris), realmente, falta uma apresentação mind blowing. Ele podia ficar sem oculos q nem no clipe, ia melhorar tb.


10. Allison Iraheta - Papa Was a Rolling Stone
Marcel: Adorei a escolha da música! Caiu como uma luva pra ela! Gosto da voz rouca, gosto do jeito como a voz dela soa madura, e gosto muito de ver o controle que ela tem. Grande apresentação! Pra mim a segunda melhor da noite.
Breno: GREAT do inicio ao fim, especialmente o final. Adoro ela, é minha favorita, me ganha a cada semana, ALLISON FOR THE MFW! Ou como diz a Kara: THIS IS FROM GOD! YOU CAN'T TEACH THAT (Adoro as quotes dela.). Que presença de palco, personalidade, voz, afinação, glory note, tudo excelente. E ainda teve o pimp spot. Pena que o Simon e a Paula um pintando a cara do outro com crayons tenha tirado um pouco dos elogios dos jurados.



Por ordem de preferência:
[MARCEL]
Top 3: Adam, Allison, Matt.
Good: Kris, Lil, Megan, Danny.
Bottom 3: Anoop, Scott, Michael.

[BRENO]
Top 3: Allison, Adam (unbeliavable que ele tenha saido de um MORRA praqui), Matt
Good: Kris, Lil, Danny, Anoop
Bottom 3: Megan, Michael, Scott


p.s.: Os links das músicas são do blog Coloca no Ídolos.

5 comentários:

Kamila disse...

Mais um dia de "American Idol" que eu perdi! Não estou conseguindo assistir aos programas, agora que ele está passando aos sábados e domingos!

Victor Nassar disse...

Gente, acho que sou um dos únicos que não assiste American Idol. =x
De pensar que eu assistia aquele "Fama", da Globo, com a apresentação da Angélica. hahaha

Abs!!

Vinícius P. disse...

Acho que devo ser um dos poucos a pensar assim, mas ultimamente não estou me empolgando muito com o "American Idol". A seleção do ano passado, por exemplo, também tinha seus problemas, mas para mim era muito mais atrativa do que essa aí - especialmente pelo duelo dos Davids. Nessa edição o Adam deve ser o vencedor por falta de concorrência, mas nem dele eu sou muito fã (na verdade prefiro o Matt e o Kris).

jeff disse...

Já que não acompanho, eu baixei os que vocês mais elogiaram e criticaram. Não achei nenhum extraordinário não, nem ninguém ruim. o.o O melhor foi o Matt mesmo.

Marcel Gois disse...

Kamila, pq não baixa pelo menos os episódios dos shows? Ou vê no youtube or something =p

Victor, eu gostava do Fama. =D Pelo menos era melhor que o "Ídolos", que seria a versão nacional para o American Idol. O "Fama" era a versão de um programa espanhol, que se chamava "Operación Triunfo". É outro formato.

Vincius, não tenho mais tanta certeza no Adam, estou vendo o Kris bem mais forte agora e no começo do ano passado as apostas eram divididas entre Carly Smithson e David Archuleta. Depois o buzz da Carly caiu e começou o do Cook que cresceu tanto que o fez vitorioso.

Jeff, que bom que concorda quanto ao Matt. Ele continua meu preferido, mas o Kris tá quase ocupando esse posto. Tenho gostado mais das esoolhas deste do que daquele. Mas adoro os dois.