!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

12 de fevereiro de 2009

Ghost Town

Título Original: Ghost Town
País de Origem: EUA
Gênero: Comédia Romântica / Fantasia
Ano de Lançamento: 2008
Direção: David Koepp

Bertram Pincus (Ricky Gervais) é um dentista anti-social e egocêntrico que adquire a habilidade de ver espíritos após morrer brevemente durante uma colonoscopia (!!!!), habilidade que se mostra muito irritante, e piora cada vez mais quando cada fantasma que passa por ele em Manhattan decide pedir um favor. Mas é particularmente um, o mais irritante de todos: Frank Herlihy (Greg Kinnear). Ele quer que o Dr. Pincus ajude ele a evitar que Gwen (Téa Leoni), a viúva dele, case-se com um advogado comprometido com direitos humanos, Richard (Bill Campbell), e isso acaba por situar Dr. Pincus num dos vértices de um triangulo amoroso.

É com esse filme que o Ricky Gervais torna-se um americano por completo! Prova definitivamente que pode fazer qualquer coisa, inclusive a típica comédia romântica americana e mais, no papel do mocinho. Aparentemente, pelo tipo físico dele, os papéis mais prováveis que eu achava que ele conseguiria numa comédia romântica seriam os de pai de algum dos protagonistas, ou irmão ou aquele melhor amigo engraçado que rouba a cena a todo o momento. Pode até ser meio preconceituoso falar isso, mas era realmente isso que eu pensava. Fiquei feliz de estar enganado, o Gervais convenceu no papel de mocinho e entregou um trabalho muito digno de premiação, isso já dava para notar pelas primeiras cenas do filme. E o melhor de tudo é que ele faz a coisa muito bem e sem perder o típico humor britânico!

Pode soar exagerado, mas eu acho que o roteiro do filme tem um que de clássico, não estou dizendo do filme em si, mas eu notei ali o típico humor que segue a linha Charlin Chaplin, aquela coisa de primeiro mostrar uma casca de banana, depois um homem andando, depois o pé pisando na casca e finalmente o homem caindo. Claro que no filme não tem nenhuma cena de um homem escorregando numa casca de banana, o que acontece são variações, mas que seguem essa mesma linha de mostrar antes o que está prestes a acontecer e assim mesmo continuar interessante, o que é mais importante. Além disso, o roteiro ainda tem umas pitadinhas de identidade britânica aqui e ali, além dos evidentes espaços para a improvisação irônico-sarcástica do Gervais, como não poderia deixar de ser.

É basicamente ele quem faz toda a comédia, e ele faz do jeito que ele sabe fazer melhor, como na cena em que ele volta para o hospital para confrontar a cirurgiã (brilhantemente interpretada pela Kristen Wiig do SNL). Ela, achando que ele vai querer processar o hospital entra numa espécie de pânico, negando tudo antes mesmo dele começar a perguntar alguma coisa e assim continuam por um bom tempo, sem conseguir manter uma conversação, típico estilo de comédia do Gervais, que parece que está fazendo escola.

Mas enfim, voltando ao filme, ele conta com ótimas locações e uma fotografia muito bonita de uma Manhattan que está saindo do outono, com direito a árvores amarelinhas no Central Park e tudo mais. E além de tudo isso, a trilha do filme, que vai de The Beatles a John Mayer, também é muito boa.

Cotação: 7,0

10 comentários:

Hugo Bessa disse...

Ainda não vi, mas não sou muito fã desse tipo de filme. Tô com Linha de Passe aqui no pc pra ver mas até agora nada.
Ah, deixei um comunicado lá no blog. Se puder passar por lá...
Abraço

pedro tavares disse...

Oi Marcel, não assisti Ghost Town mas ouvi falar mt bem, apesar de não fazer mt o meu gênero predileto.

Mt obrigado pelo selo, farei um post com ele com certeza.

ps: Já pode mandar as apostas pro Oscar? abraço!

Marcel Gois disse...

Hugo, blz. Estou indo agora mesmo! =)
abraço

Pedro, de nada! =) E quanto as apostas, já pode mandar sim. Fique a vontade.

Kamila disse...

Esta comédia obteve boas críticas e teve até um desempenho legal no box office dos EUA. Tenho curiosidade em ver o filme por causa do Ricky Gervais e da Kristen Wiig (adorei o adjetivo usado para descrevê-la. Ela é brilhante mesmo!!!)

Vinícius P. disse...

Gosto muito do novo banner, aliás adoro como você o troca quando comenta algum filme novo! =)

Quero ver "Ghost Town" especialmente pelo Ricky Gervais, parece ser uma comédia interessante.

Marcel Gois disse...

Kamila, ela tá brilhante mesmo, a participado não é grande, mas é memorável!

Vinícius, valeu, faço td com mt capricho.. hehe =) e vale a pena o filme..

Wally disse...

Como o Vini, adoros seus banners.

E quanto ao filme, quero muito ver depois dos elogios que ganhou aqui - e lá fora. Koepp é confiável.

Ciao!

Sérgio Déda disse...

Eu não sei onde ouvi uma recomendação sobre este filme, não consigo lembrar... estou no pc de meu irmão heheheh

Hugo Bessa disse...

Obrigado pelo selo e por sempre lembrar do meu blog. Valeu mesmo!
Abraço

Marcel Gois disse...

Wally, valeu! =) Acho que o filme merece uma conferida. Dps fala o que achou.

Serginho, pois tem outra aqui agora. kkkk assista, vale a pena.

Hugo, de nada! =)